No café da manhã, durante o dia para aumentar a concentração e manter o sono longe, após a refeição do almoço ou pelo simples prazer que ele proporciona. Não importa o momento ou objetivo pelo qual o café é consumido, o fato é que a grande maioria dos brasileiros não consegue viver sem ele.

Especialmente hoje, no Dia Internacional do Café, os amantes desta bebida não podem deixar de saborear um xícara de café bem feita. Por isso, separamos algumas dicas e orientações que a barista (Profissional especializado em cafés de alta qualidade) Carolina Franco de Souza, da Lucca Cafés Especiais (Curitiba) sugeriu para fazer um bom café em casa. Confira!

 

  • Escolha um grão de boa qualidade, indicado como “café especial” na embalagem. Cuidado para não confundir com denominações como “gourmet” ou “superior”. Na dúvida escolha marcas com o selo da BSCA – Associação brasileira de Cafés Especiais.

 

  • Prefira o grão Arábica que, se bem cultivado, tem grandes chances de produzir um bom café.

 

  • Utilize o pó em 3 semanas no máximo. No período, evite geladeira, umidade, luz e cheiros fortes. O ideal é mantê-lo em seu próprio saquinho, fechado dentro de um recipiente com tampa, no armário.

 

  • Use a agua filtrada ou mineral para evitar a presença do cloro, que destrói os óleos essenciais do café.

 

  • Ferva a agua. Depois disso, desligue o fogo e deixe descansar por 1 minuto. O processo garante que a temperatura não esteja em 100 º C na hora de passar o café, o que extrairia mais sabores amargos.

 

  • Use de 5 a 6 colheres de sopa de café moído para cada litro de água.

 

  • Moa os grãos logo entes do preparo e, assim, preserve os aromas e previna a oxidação, que pode dar gosto rançoso à bebida.

 

  • Evite o filtro de pano. Por ser reutilizável, pode manter resíduos de gordura. Além disso os tamanhos dos buracos, muito diferentes, não oferecem uma extração regular.

 

  • Depois de colocar o filtro, escalde o papel para evitar que o aroma de celulose interfira no gosto. Descarte a água.

 

  • Coloque um pouco de agua para hidratar o café e, somente depois, despeje o restante. Esse processo é conhecido como pré-infusão, ela elimina as bolhas de ar, aumentando a interação entre o pó e a água no restante do processo.

 

  • Escalde a xícara para conservar o calor da bebida por mais tempo.

 

  • Consuma o café em, no máximo, uma hora para evitar a oxidação. Ainda assim, apenas se a bebida for conservada em garrafa térmica.

 

  • Tente ingerir o a bebida sem açúcar. O café de boa qualidade já tem uma doçura natural.

 

Referencia: www.folha.uol.com.br

 

Com certeza você vai poder apreciar uma bela xícara de café hoje com essas dicas!